07/01
2013
Bonde da beleza
Categoria(s) Beleza, Corpo, Depilação, Limpeza, Unhas
Ana Farias

Pra começar a segunda semana do ano, seleção de produtos que tô usando – e de um que usei uma vez pra nunca mais!

2

1. Loção Hidratante Corporal Cédrat, Roger&Gallet: amo a marca, mas tinha usado apenas os sabonetes e perfumes. O hidratante é uma delícia, super leve, com aquela fragrância que fica na pele depois que é absorvido. Seria perfeito se não fosse o preço: entre 60 e 70 reais (vi no site da Onofre por R$56, AQUI).

2. Desodorante Rexona Clinical: tinha visto a propaganda em revistas e tava pensando em comprar quando meu estoque precisasse de reposição, mas acabei recebendo da marca num kit de fim de ano. Gostei da embalagem, e ele é bem cheirosinho. Só que, como sou usuária de aerosol, meio que torço o nariz pra desodorantes cremosos…

Nesse caso, acho que tem ainda um problema: a gente deve girar duas vezes a base, e sai uma pasta branca (lembra um talco cremoso) que deve ser aplicada diretamente na axila. Eu meio que tenho nojinho. Sei por onde ando, só passo desodorante depois do banho, enfim, sou limpinha. Mas não acho higiênico. Minha forma de usar é girar, pegar o produto, e aplicar com o dedo.

rexona clinical

Se resolve mesmo a questão da transpiração, não posso dizer. Tá um calor do cão, trabalho sem ar condicionado, mas fico sentada na maior parte do tempo. Segurou o budum, mas na propaganda a modelo está numa academia, se exercitando, aparentando uma super segurança de que qualquer um pode enfiar o nariz ali e não desmaiar. A promessa é essa, e não testei dessa forma ainda.

Demora um pouco pro toque ser seco, mas não chegou a me incomodar. Ah, e a instrução diz que o uso durante a noite potencializa o desempenho do produto ao longo do dia. Custa em torno de R$15.

3. Gel de Barbear e Limpeza Artic Freeze, Nivea: esse gel azulado é super refrescante, e se é bom pra barbear… só pode ser ótimo pra quem usa lâmina pra se depilar! O meu já tá quase no finalzinho, adoro! Pode ser usado como produto de limpeza facial também pros meninos (pra gente, acho desperdício). Custa em torno de 10 reais.

4. Óleo Fortalecedor de Unhas, Granado: óleo não gorduroso composto por silicones, bem fluido e de absorção rápida. Deve ser usado diariamente – pode ser usado inclusive sobre unhas esmaltadas. O cheiro é aquela delicinha da linha Pink, só que bem suave. O aplicador em conta-gotas facilita bastante (uma gotinha em cima de cada unha), o que faz com que o produto renda horrores! Custa R$30 (embalagem de 30ml).

5. Creme para as Mãos Lipikar Xerand, La Roche-Posay: não é meu creme favorito em termos de textura e fragrância (alow, L’Occitane!), mas possui propriedades hidratantes que o tornam necessário pra quem já tá sentindo o peso dos anos nas mãos (já fez 30? Prepare-se!). Contém água termal, alantoína e glicerina. A textura não é oleosa, mas sinto a pele um pouco grudenta enquanto a pele não absorve completamente. Promete ser resistente à água, e custa em média R$50 (a embalagem de 50ml).

E, finalmente, a compra que nunca mais pretendo fazer:

creme depilatório facial veet

6. Creme Depilatório para o Rosto, Veet: fazia tempo que não usava esse tipo de produto, porque sempre me causava algum tipo de reação na pele. Mas como tava praticamente de bigode e não tava afim de usar a molinha (porque dóóóóói demais!), resolvi dar uma chance pra Veet.

Apliquei, deixei 3 minutos, tirei, os pelos saíram todos, mas a sensação de ardência só passou completamente dois dias depois. E fora que uma pequena área do buço ficou ferido ainda mais dois. E não fui só eu: logo após a aplicação não aconteceu nada, então saí gritando pela casa lotada de parentes e amigas que “com mulher de bigode nem o diabo pode”, e perguntei quem queria passar. Ao todo foram oito mulheres, e apenas uma não teve nenhum tipo de problema.

No teste não deu nenhuma reação, mas no rosto foi o horror. Prefiro arrancar pelo por pelo com pinça durante a TPM do que usar isso de novo!

Alguém mais aí teve problema? Veio um pro corpo numa das GlossyBox quando eu assinava, e tô até com medo de experimentar…

Todos os produtos foram enviados pelas empresas, menos o Veet, que custou um pouco mais de sete reais.



60 comentários
28/12
2012
FlashBox L’Occitane
Categoria(s) #presskit, Cabelos, Corpo, Rosto
Ana Farias

Outro dia recebi uma caixinha da GlossyBox pela qual me apaixonei perdidamente, já que veio recheada de produtos de uma das marcas que mais adoro nessa vida: a L’Occitane (pronúncia? loc citân).

Mas não era exatamente uma GlossyBox, e sem uma FlashBox – edição especial e limitada que pôde ser adquirida por quem já era assinante da GlossyBox. Parecido com o que eles já fizeram com a Natura (lembram?), sendo que, ao invés de ser uma surpresa pra quem recebia a caixa mensalmente, trata-se de uma caixa com tiragem restrita e cobrança à parte.

flashbox l'occitane 2

O lado positivo dessa FlashBox foi o acesso a travel sizes de produtos luxinho, e de muita qualidade. Além do que o conteúdo foi mostrado antes da venda, o que significa que quem comprava já sabia pelo que estava pagando – essa é aliás a reclamação que menos me atrai em relação a esse tipo de empresa, afinal a surpresa faz parte da ideia (o fato do conteúdo deixar a desejar é outra coisa, e isso sim conta como empecilho ou não pra se fazer uma assinatura).

O negativo foi sem dúvida o preço: enquanto a assinatura da GlossyBox é R$40, o que muita gente já acha caro (e sinceramente, pelo conteúdo das últimas que recebi antes de cancelar minha assinatura, eu até que concordo), a FlashBox foi oferecida por R$60. Claro que tinha MUITO mais atrativos do que as caixas normais (e mais quantidade de produtos: seis travel sizes, mais três amostras), e a L’Occitane não é uma marca barata. Mas ainda assim acho que deveriam ter mantido o valor original. Independente disso, parece que bastou duas horas de venda pra que essa FlashBox se esgotasse.

flasbox l'occitane 1

Gosto muito da ideia da GlossyBox, e apesar de um início fraco as caixinhas pegaram um fôlego bom durante uns meses, com produtos em tamanho original, boa variedade. Mas chegou uma época em que o que eu mais recebia era amostra, às vezes uma caixa inteira delas. Aí já não compensava mais os R$40 mensais. No começo sim, já que a gente não tinha acesso a esse tipo de coisa no Brasil. Mas depois que ficou comum, o passo seguinte deveria ter sido enviar produtos full size ou travel size apenas.

Quase todos os produtos que vieram na FlashBox da L’Occitane podem ser comprados nas lojas em travel sizes mesmo, então fiz uma continha pra ver se valia a pena mesmo comprar a caixa:

flasbox l'occitane 3

1. Shampoo Reparador Aromacologia (75 ml): para cabelos secos, danificados, tingidos e/ou quimicamente tratados. O cheiro é impressionante de bom, e deixou meu cabelo com um brilho sensacional. Custa R$16.

2. Condicionador Reparador Aromacologia (75 ml): no dia que lavo o cabelo nem precisa de leave in, já que os fios ficam macios e domados. Mas no dia seguinte fico meio leãozinho, e um leave in acaba fazendo falta (mas tem na linha, só não veio na caixa). Custa R$18.

3. Óleo de Banho Hidratante Amêndoa (35 ml): na verdade um sabonete com textura diferenciada. Em contato com a água vira uma espuma cremosa que limpa suavemente, deixando a pele com uma sensação de hidratada. Custa R$32.

flasbox l'occitane 4

4. Gel de Limpeza Angélica (50 ml): com textura e fragrância delicadas, remove sujeirinhas e resquício de maquiagem. Custa R$19.

5. Tônico Facial Angélica (50 ml): com extrato e óleo essencial de Angélica, suave e refrescante. Custa R$19.

6. Creme Hidratante Angélica (15 ml): de textura mais grossinha, espalha bem, mas a pele demora um pouquinho a absorver. Custa R$55.

flasbox l'occitane 5

7. Leite Firmador Concentrado de Amêndoa (3 sachês de 8 ml cada): loção cheirosíssima, deixa a pele maravilhosa de hidratada, amei ao cubo! Possui proteínas de amêndoa e silício, que prometem ajudar a firmar a pele. Cada sachê deu pro corpo todo, e ainda sobrou. Esse não tem miniatura, e o pote com 200ml custa R$195 (vamos colocar aí como item adicional por R$23, só pra fazer as contas).

Comprando as embalagens de viagem na loja, o total de produtos sairia por R$182. Pagando a FlashBox, o desconto seria então de 122 reais, uma economia boa, né? Olhando por esse lado, valeu a pena pra quem comprou. Mas ainda acho que o mais justo seria que essas edições fossem vendidas pelo valor normal da assinatura.

Agora é saber qual será a frequência da edição limitada, né? Não sei se assinaria a GlossyBox pra ter a chance de comprar a Flash se a distância entre uma edição e outra fosse muito grande.

O que vocês acharam? Aliás, quem assina a GlossyBox, como estão vindo as caixas?

Ps: a caixa foi enviada pela empresa.



24 comentários
27/12
2012
Avon Solutions Body Cellu-Defy e mais
Categoria(s) Corpo, Pele, Tratamento
Ana Farias

Falei pra vocês que tô batendo de frente com a celulite nesse finzinho de ano, né?

Além dos três tratamentos que estou fazendo com a Cláudia Miranda (no Blue Beauty), uma coisa que ela me ordenou a fazer em casa (além de cuidar da alimentação e de me exercitar) foi aplicar cremes anticelulite duas vezes por dia.

Tô usando o Aqua Destock da Vichy (falei dele AQUI e AQUI), que recebi num kit no início do ano, e que por ter uma alta concentração de cafeína é um ótimo coadjuvantes no tratamento.

Outro que recebi e estou pra começar a usar é o Solutions Body Cellu-Defy Loção de Tratamento Cosmético Intensivo Anticelulite, lançado esse ano pela Avon. Formulado com extrato de folha de carambola, o produto promete ajudar até no combate daquela celulite mais resistente – tanto que a gente até dá nome pra ela, sabem como?

Avon Solutions Body Cellu-Defy

De acordo com informações da empresa, ele age nas três camadas da pele: promove uma esfoliação na epiderme, promove maior firmeza na derme, e na hipoderme, a camada mais profunda, age combatendo o surgimento da celulite e estimulando a queima da gordura acumulada.

De rápida absorção, pode ser usado nas coxas, no quadril e no abdômen. O preço é amigo (R$45, contra R$114 do da Vichy), e tenho ouvido muita gente falando bem dele. O cheiro é bem suave, a textura gostosa, deixa a pele sequinha após a aplicação.

No salão a Cláudia usa produtos da Adcos, e após a manipulação dos aparelhos ela aplica o seguinte:

reduxel adcos

O Reduxcel Slim Lipo-Force  é um fluido potencializador de tratamentos corporais que deve ser usado em massagens redutoras (geralmente em associação à Ionização ou Endermologia). Possui ativos redutores e alto teor de cafeína (5%), e estimula a microcirculação periférica, intensificando a ação drenante para promover a queima de gordura, reduzir medidas e diminuir a flacidez e celulite.

O Reduxcel Slim Anticelulite e Mobilizador é um gel com sistema lipossomado que favorece a mobilização e eliminação dos lipídeos. É utilizado como anticelulite, antiedema e redutor de medidas. Contém em sua formulação ativos drenantes, Cafeína pura, Centella asiática e fosfatidilcolina, que promovem a quebra de gordura e a redução de medidas.

O pacote que a Cláudia fecha leva em consideração uma avaliação da condição da pele e do tipo de celulite, quadro que varia de pessoa pra pessoa (em algumas predomina flacidez, em outras a retenção hídrica, e por aí vai). No tratamento que fechei com ela faço Radiofrequência, Endermologia e Ultrassom, e quero ver se associo com Drenagem Linfática Manual, que já fiz com ela e é perfeito!

Serviço:
Blue Beauty
Av. Roberto Silveira, 215 – Icaraí, Niterói/RJ
Tel: (21) 2714-7573



10 comentários
11/12
2012
Bonde da beleza
Categoria(s) Cabelos, Corpo, Hidratação, Pele, Protetor Solar, Rosto
Ana Farias

Já fiz as pazes com o fato de que dificilmente vou conseguir experimentar tudo que compro/recebo/ganho antes da novidade ter se transformado em notícia velha, então resolvi tentar algo diferente pra não perder o bonde. rs

Esses abaixo são alguns dos que estou com mais vontade de usar no momento (foram todos enviados por assessorias):

A Dove reformulou a linha Cor Duradoura, e lançou junto o Tratamento Intensivo Mensal para Cabelos Tingidos (um kit de ampolas bifásicas que proporciona a nutrição necessária pra manter a cor vibrante entre colorações).

O shampoo não contém sal, e na nova composição tem quantidade reduzida de sulfato (o que danificaria menos a cor). As ampolas são divididas em quatro fases semanais, e cada uma deve ser usada apenas uma vez na semana correspondente. Elas possuem ingredientes condicionantes e óleos nutritivos que penetram na fibra e protegem o cabelo, reduzindo danos acumulados, melhorando a resistência a desgastes (como quebra e pontas duplas), e protegendo os fios do desbotamento por quatro semanas.

Shampoo: R$ 7 (200ml)/ R$11 (400ml)
Condicionador: R$ 8 (200ml)/ R$13 (400ml)
Tratamento Intensivo: R$ 30

A linha de tratamento Gradative Liss C.Kamura foi lançada esse ano na Beauty Fair. É um sistema redutor de volume e de cachos, com fórmula à base óleo de argan e sem formol, que permite uma alteração temporária e progressiva na estrutura do fio por realinhamento térmico. O efeito liso é temporário (em média dois meses), pode ser aplicado em todos os tipos de cabelos (inclusive quimicamente tratados e coloridos).

São três passos que podem ser feitos em casa: 1. Higienização dos fios (shampoo de limpeza profunda + secagem); 2. Redução condicionante (aplicação com auxílio de luva descartável + pausa + escova + prancha + enxágüe); 3. Hidratação e finalização (massagem + pausa + escova). AQUI tem um vídeo ensinando o processo.

O kit pode ser encontrado por R$ 40.

Mais uma da marca queridinha dos dermatos, o RoC Minesol Oil Control FPS70 é um gel creme que age protegendo a pele contra raios UVA e UVB, e também age na redução e controle da oleosidade – que é a reclamação mór das brasileiras.

Ele tem toque seco e potencial pra desbancar o meu Vichy Capital Soleil da prateleira! É absorvido imediatamente, e tem cheirinho suave, levemente praiano, coisa que não me incomoda (mas sei que incomoda algumas pessoas)

A embalagem custa em torno de R$60 (tá R$65 na Kutiz).

Também desenvolvido pra pele oleosa, o Solar Expertise Facial Toque Seco FPS 60 (tem fator 30 também), da L’Oréal Paris, foi formulado exclusivamente pro mercado brasileiro. Tem filtros Mexoryl SX+XL®, que associa filtros orgânicos e minerais pra alta proteção contra os raios UVA e UVB. Reduz o brilho da pele e controla a oleosidade, tem uma textura leve e cremosa, fácil de espalhar, de rápida absorção. Apesar de não ser oleoso, no momento da aplicação a gente sente um pouco de oleosidade – achei que não funcionaria, mas foi absorvido rápido e a pele ficou sequinha.

O Solar Expertise Oil Protection FPS 30 (tem 15 também), é um protetor corporal com textura óleo o primeiro com alta proteção solar – o que permite um bronzeamento mais saudável. A pele fica iluminada! É resistente à água, mas não tem textura pegajosa. Tem embalagem prática em spray, e o perfume é super agradável.

O preço de ambos é o mesmo: R$ 29 (FPS 30) e R$ 38 (FPS 60).

Finalmente, o kit de miniaturas da linha facial antissinais Active Genes, de O Boticário. A nova formulação traz o complexo Act-Pro, que promete estimular as células da pele a trabalharem como se fossem mais jovens.

Os kits vem com sabonete facial em mousse, tônico, creme pro dia (com FPS 25), outro pra noite (eles têm refis), e creme pra área dos olhos. Bom pra quem vai viajar!

O kit 30+ custa R$73, o 45+ custa R$77, e o 60+ custa R$79.



19 comentários
08/12
2012
Esquadrão anti celulite
Categoria(s) #Mudança de Hábitos, #Niterói, Corpo, Pele
Ana Farias

Existe um número.

Aparentemente, 85% das mulheres com mais de 35 anos tem os famosos e indesejados furinhos pelo corpo – seja em versões light, seja a temida casca de laranja.

E a gente quer porque quer acreditar que o que levou anos se formando no corpo pode ser vencido de um dia pro outro, né? Por isso pagamos caro em creminhos ou em tratamentos estéticos que prometem milagres. E não é raro terminarmos frustadas no final do tubo de creme ou do pacote de sessões na esteticista.

Acontece que a celulite que afeta abdomen, quadris, coxas e pernas, é provocada por um acúmulo de gordura + alterações circulatórias, enzimáticas e/ou hormonais + mobilização de líquidos + desorganização do metabolismo celular nas camadas mais profundas da pele + predisposição genética. Não é atacando uma frente só e esperando milagre que ela vai sumir.

O estágio no qual se começa a tratar também influencia no resultado. São quatro graus diferentes: o primeiro só é visível quando se comprime a pele (comum em adolescentes, e até mesmo em crianças), já no segundo a ondulação é perceptível sem que se encoste nela – nesses dois casos, o tratamento é muito mais eficaz, claro. O terceiro e o quarto podem ser melhorados, mas dificilmente erradicados – estes apresentam nódulos de consistência endurecida, formação de fibrose e em alguns casos até dor.

Não é um creme ou uma sessão de endermo que vai fazer a pele ficar lisinha de novo. Pra combater a bicha má, a gente tem que estar disposta a lutar. Dependendo do estágio do seu problema, o tratamento não é fácil, não é simples, não é rápido, não é barato, e não acredite em ninguém que te diga o contrário!

Entenda que:

1. Ela não é privilégio de quem está acima do peso, pode aparecer inclusive em quem está abaixo do ideal.

2. Mulheres são mais suscetíveis a ela do que homens, e as brancas sofrem mais do que as negras.

3. Existe uma relação entre celulite e hábitos alimentares, por isso nenhum tratamento vai ajudar se você não fizer uma reeducação alimentar.

4. Quem faz atividades físicas regulares tem mais chance de lidar com a mardita.

5. Em todos os casos o tratamento traz uma melhora no aspecto da pele, mas claro que quanto antes se começar a tratar e quanto menos grave o quadro, melhor o resultado.

Sendo assim, primeiro de tudo: a gente precisa entender até onde dá pra melhorar o aspecto da celulite, especialmente quem já convive com ela há algum tempo. Não dá pra ficar se enganando, faz parte da vida e nem todo quadro é 100% reversível. E nunca jamais em tempo algum se compare com a famosa da revista! Se existisse photoshop pra vida, você com certeza teria a buzanfa lisinha dela!

Segundo: o tratamento implica em múltiplos aspectos: ao resolver atacar o problema de frente, precisamos estar cientes de que vamos precisar mexer na alimentação, fazer exercícios, aplicar creme duas vezes por dia, e, conforme as possibilidades (e de preferência), fechar alguns pacotes com uma boa esteticista. E mais: o ideal é associar mais de um tratamento estético.

Comecei essa semana um pacote com a Cláudia Miranda, do salão Blue Beauty aqui em Niterói. Fechamos 10 sessões de Endermologia associada à Ultrassom na região das coxas – que é onde tenho mais celulite, e também onde a gordura localizada me incomoda mais (pois é, mais do que o panceps!).

O Ultrassom acelera o sistema linfático, que remove a gordura e as toxinas que foram expulsas no tratamento. Aplica-se um gel condutor na região, e a gente sente um formigamento (que é um pouco incômodo no início, mas depois que se acostuma é até gostoso). A Endermologia é composta por um sistema de sucção que estimula a circulação sanguínea e a drenagem linfática, tornando a pele mais lisa e com menos irregularidades.

Nos dois tratamentos os resultados são visíveis a partir de 10 sessões.Serão duas sessões semanais, então mês que vem falo dos resultados. ;)

Outras opções de tratamento:

Drenagem linfática: massagem que reduz o inchaço do corpo com manobras lentas e suaves que ajudam na eliminação de líquidos que ficam acumulados nos tecidos, eliminando-os através do sistema urinário. Boa pra todo mundo, sempre.

Massagem modeladora: atinge o sistema linfático e a gordura localizada. Exige movimentos vigorosos, com forte pressão – o que pode causar dor e deixar alguns hematomas (já fiz e não recomendo, dói pra caramba). O resultado é o aumento da velocidade de metabolização, a suavização de contornos irregulares, e a redistribuição mais harmônica da gordura.

Radiofrequência: utiliza a radiação eletromagnética de alta frequência pra estimular o metabolismo das células adiposas e a produção de colágeno. É indicada pra todos os graus de celulite, principalmente quando há flacidez do tecido.

Laser: a área é marcada e anestesiada, e são feitas duas pequenas incisões (tamanho da ponta de uma caneta) por onde são inseridas cânulas com a fibra ótica do aparelho. O laser destrói a gordura localizada, quebra os septos fibrosos que deixam a pele com aspecto irregular, e estimula a produção de colágeno.



16 comentários


Página 5 de 13«123456789»