05/05
2010
Posso Mandar Entregar em Outro Endereço?
Categoria(s) Colaboração, Compras Online (Manual)
Ana Farias

Que nossos correios estão muito aquém do esperado, que as entregas têm levado séculos, isso tudo mundo já sabe.

O que poucos sabem é que comprando pelo eBay, por exemplo, é possível mandar entregar o pacotinho no hotel de um amigo/namorado/pai/irmão que esteja viajando (vale tudo!). Aí vem tudo na mala. Fica sujeito ao imposto de 50%, ao invés dos 60% da entrega pelos correios (veja observação abaixo). Tudo dentro da lei, certinho.

Para fazer isso você só precisa de uma pessoa de boa vontade, do endereço onde ela está e de um pouco de bom senso para calcular o tempo de entrega.

Este endereço você cadastra como adicional address na sua conta do paypal (é um segundo endereço, entenderam?). Não é necessário alterar nada na conta do eBay, o endereço adicional é cadastrado direto no paypal. É preciso aguardar o email do paypal confirmando o endereço adicional, recém-cadastrado, e só!

Depois da confirmação do paypal, você já pode comprar. Na hora do pagamento, você escolhe em qual endereço quer que a mercadoria seja entregue: no Brasil ou lá fora.

Independentemente desses procedimentos todos, recomendo que vocês avisem ao vendedor que a mercadoria seguirá para o endereço adicional. Isso porque alguns vendedores (geralmente os maiores) possuem um sistema interno de controle que pede o endereço da entrega. Então sempre vale a pena conversar com o vendedor, para não ter problema de entrega atrasada, ok? Já dizia Abelardo Barbosa: quem não se comunica, se trumbica!

Eu já cansei de pedir coisas mais complicadas (exemplo: bolsas de grife que precisariam de seguro e seriam taxadas ao bel prazer dos fiscais pelos correios) através da minha irmã. Era só cadastrar o endereço do hotel dela, programar a compra com tempo hábil de entrega e perguntar se o hotel cobra alguma taxa para receber mercadoria (atenção nisso, pois alguns hotéis de fato cobram uma taxa para receber o pacote e entregar ao hóspede).

Observação importante: De acordo com a nossa lei, as mercadorias advindas do exterior que vêm pelos correios são taxadas à alíquota de 60%. Porém, aquelas que vêm nas malas, trazidas por alguém que viajou são taxadas apenas com 50% sobre o que exceder a cota de 500 dólares.

Taí a vantagem, entenderam?

Fonte: Bagagem Acompanhada – Procedimentos na chegada ao Brasil

Outra dica que eu sempre recomendo é que o viajante se auto denuncie de estiver trazendo mais do que os US$ 500 de isenção. Mas por que, Renata? Simples. Se auto denunciando, você pagará apenas o valor do imposto de 50%. Se você escolher a sorte da luz verde ou vermelha e cair na vermelha, o fiscal poderá abrir suas malas (o que é um saco, pois nunca cabe tudo de volta depois!) e, encontrando mercadorias que excedam o valor de isenção (não se iluda, pois ele irá encontrar), além do imposto de 50%, o viajante pagará mais 50% só de multa! Ou seja, essa brincadeira de contar com a sorte de sair luz verde pode lhe custar 100% de imposto e multa.

Fica a dica!

Renata Kelly (colaboradora)



14 comentários
05/05
2010
Swatche Alice OPI: Trabalhada no Glitter
Categoria(s) Unhas
Ana Farias


está meio lascadinho porque passei anteontem

Nunca antes na história da minha vida achei que diria isso: usei glitter e gostei. Estou até meio abobada, achando o máximo essas unhas surreais. É fase, né, gente, vai passar. Eu já gostei do Ray, dos Menudos. Tudo passa.

Mas por enquanto, tô curtinho moooito.

Dica pra quem acha que esmalte com glitter precisa de 18 mãos pra dar cobertura. Não passe do jeito tradicional, pintando, passando o pincel. Faça como nas aulas de Educação Artística e mande ver no Pontilhismo.

Vá fazendo pontinhos com o produto até cobrir a unha. É rapidinho e dá o efeito certo sem gastar o vidro todo de uma vez.

Vivi



Comente
05/05
2010
Beauty In
Categoria(s) Beleza, Lançamento
Ana Farias

Um conceito muito diferente daquilo que entendemos como produtos de beleza. Com Beauty In a beleza vem, literalmente, de dentro.

São produtos aliméticos; águas saborizadas (sem conservantes) e balas de colágeno, tudo repleto de vitaminas e desenvolvidos para proporcionar benefícios cosméticos e alimentícios – porque a gente sabe que não ingere todos os nutrientes que deveria, néam…

Eu não provei nada, então só posso dizer que a proposta e o visual são muito bacanas. Estou em pipocas de ansiedade pra saber da Ana como foi o lançamento e as impressões sobre os produtos.

Vivi
site Beauty In



Comente
04/05
2010
Q’uedê?
Categoria(s) Evento
Ana Farias

Amorecas, desculpem o sumiço total de hoje, caixa postal arrebentando, desculpa, aí. Mas é por um motivo bem legal: a Ana veio até sampa pra cobrirmos um evento/promo beeeem legal que vai começar ainda essa semana.

E hoje – agora, aliás – ela está no lançamento da Beuaty’in, o novo projeto da Cris Arcangeli. Depois ela conta tuuuudo.

Beiju!

Vivi
*moída de cansaço*



15 comentários
03/05
2010
Joga a Velha no Lixo!
Categoria(s) Dicas, MakeUp
Ana Farias

Ontem saiu uma matéria pequenininha no jornal Extra, falando do risco que corremos ao usar maquiagem com validade vencida.

Não tem aquela história de que “comigo não vai acontecer nada”? Então, comigo nunca aconteceu nada também não, mas a verdade é que qualquer produto pode causar reação alérgica, em qualquer pessoa, a qualquer hora. E tô falando de cosméticos dentro do prazo de validade – imaginem só o que pode acontecer com os que já passaram da hora de ir pro lixo?

Então vamos dar uma olhadinha aí na coleção (ou na nécessaire, caso você tenha só um ou outro produtinho), e desapegar do que já fez mais aniversário do que deveria?

Fiquem de olho:

Sombra e Blush: costumam ter uma validade de 18 a 24 meses. Jogue fora se mudarem de cor e de textura ou se aparecerem pontos brancos, verdes, ou cinzas, que indicam presença de fungos.

Rímel: a validade é pequena, em geral de 4 a 6 meses. Farelos, mudança de cor ou ressecamento indicam que o produto está estragado. Adicionar água ou óleo [ou colírio!] só aumenta a proliferação de bactérias.

Batom: dura dois anos, em média. O batom vencido pode deixar os lábios ressecados, causar bolhas ou uma espécie de queimadura.

Pincéis: devem ser lavados semanalmente ou quinzenalmente com água morna e sabão neutro. Deixe secar ao ar livre.

Uma dica preciosa: nunca passe o dedo nos produtos, ou o batom diretamente na boca, e lavem sempre as esponjinhas que vierem no pó ou no blush. Evitando o contato direto da maquiagem com a pele, o produto fica protegido por mais tempo.

Ana

Fonte: Jornal Extra, Bem Viver, Domingo 2 de maio de 2010.

Dica da Vivi: gathas, quem sabe que tem o vírus da herpes, não empreste nem pegue emprestada a maquiagem das’amiga, tá? Mesmo que não esteja ativo (ferido) é contagioso. Quem tem conjuntivite recorrente também deve evitar emprestar ou pegar emprestado.

Dá pra desinfetar as balas do batom, as pontas de lápis, mas não é nada infalível, então, fiquem espertas, porque uma alergiazinha boba pode dar uma baita dor de cabeça…



Comente


Página 412 de 662«408409410411412413414415416»