24/02
2010
Achados na Renner (LIQUI!)
Categoria(s) Dicas, Moda
Ana Farias

Então, segunda-feira dei um pulo na Renner, e, como sempre, fui direto na minha sessão preferida, a Cortelle. É a mais “careta”, logo o lugar pra se encontrar roupas mais básicas, com um corte melhorzinho, e sem muitos dos detalhes que estilistas de lojas de departamento costumam achar que a gente ama (laçarotes, purpurina, paetês, recortes, babados, furos, amarrações, estampas que passeiam sozinhas, esse tipo de coisa). Minha regra é só tentar fugir do poliéster!

Lá tem sempre uns vestidinhos muito legais, fico de olho. Na segunda, tinha. O vestido perfeito. Lindo. Amei a cor, o corte, o caimento, o comprimento, o tecido… Quando abri a carteira, caceta, tinha deixado mesmo o cartão do banco em casa (tenho feito isso de propósito, pra não usar com tudo que vejo pela frente). Tudo bem, respirei fundo, a arara tava cheia, voltaria lá outro dia. Hoje. Um dia e meio depois.

Lei de Murphy, né. Só tinha um. E P. Peguei assim mesmo, e quase trouxe pra casa, mesmo apertando meus peitos. Mas acabei desistindo, com o coração partido. Se tiver de ser meu mesmo, encontro em outro lugar, outro dia. Oremos.

Mas a questão é que a loja tá com uma super liquidação, e dá pra garimpar muita coisa bonitinha. Trouxe dois pretinhos básicos de malha, pra batê. Ambos pela metade do preço:


Fazia anos que eu não comprava nada preto, acabo pegando peças de cor ou estampa. O legal desses dois é que são bem simplesinhos, então dá pra pirar nos acessórios coloridos. :)

E o que quase me levou à falência: cintos, cintos, cintos, lindos e fofos, de correntinha, com laço de couro, com estampa de cobra, com tachas de tudo que é jeito! Entre 20 e 60 reais. Tem também uma marca de sapatos interessante, mas esqueci o nome (sempre faço isso: olho, acho que memorizo, penso em anotar e me digo que não vou esquecer. Daí esqueço). Muito salto usável, tiras, tachas.

Ainda sobre achados, pra quem for de Niterói e arredores, e ainda estiver procurando pelo Sereia, da Impala: tinha um monte na Cláudia (ao lado da praça do Rink), assim como o Arábia, da Risqué, e outras cores difíceis de encontrar (comprei o Rosa Chiclete, da Colorama, que não achava mais em lugar nenhum. Pra quem for de Itaipu, tem na Farmais, ao lado do Center Oásis).

Quem estiver à cata dos batons mate da Vult, achei naquela perfumaria perto da Cláudia (esqueço o nome. Cristina? Impossible!). Cada um custa R$7,70.

Aproveitando, sobre o Facebook: estamos adorando ver vocês lá! Às vezes a gente tá logada, mas não na frente do computador; então, se alguém chamar pra bate-papo e a gente não responder, não foi por falta de educação… 😉

Ana (Má)

Pitaco da Vivi:

No finalzinho da semana passada, dei uma passada em tempo recorde na Renner (na verdade eu uso a Renner pra cortar caminho dentro do Shopping aqui em Jundiaí. Pego um atalho, economizo tempo e ainda dou uma olhada dinâmica nas araras). Estava de olho em um cinto de tachas bem diferente, que tinha visto há mais de 15 dias. Não deu outra, tava lá meu mimo. Aproveitei e arrematei.

Gente, não me culpem, os caixas ficam no caminho da saída! rs

Apesar das roupas estarem em liqui, o cinto que eu queria não estava. Paguei preço cheio, R$35,90, mas ele é bem acabado, dygno e acho que vale o preço.

Uma dica pra Renner: parem de esconder os cintos!!! Eles dão destaques para as bolsas e bijus e colocam os cintos em cantinhos inóspitos das lojas. Estão dando bobeira, heim.



10 comentários
23/02
2010
Espinhas nas Costas? MK Tem a Solução!
Categoria(s) Dicas, Lançamento, Pele
Ana Farias


A Laís Fraga, que é consultora Mary Kay, deu a dica pra quem sofre com espinhas nas costas (ou whatever no corpo, não vamos entrar em detalhes!): o novo Spray para Peles com Tendência à Acne!

O objetivo do produto é desobstruir os poros e evitar a oleosidade excessiva na pele, e possui um sistema que facilita bastante a aplicação (pode ser usado de cabeça pra baixo).

De rápida absorção e fresquinho, custa 55 dinheiros o frasco com 118ml, e, segundo a Laís, dura bastante.

Fica a dica!

Ana



Comente
23/02
2010
Batom Nude Baratinho: Intense 101
Categoria(s) Boca, Dicas
Ana Farias

Hoje voltei pra casa com o batom que tanto queria: um bege amarelado, o nude perfeito!

E o melhor, custou só R$12,90!

Novidade na linha Intense, do Boticário, o 101 custa um pouquinho mais caro (tá que estamos falando de apenas 3 reais, mas se a cada lançamento aumentar um pouquinho, logo a Intense deixará de ser popular, né?).

Como os outros da marca, é cremosinho, tem duração razoável. E se for aplicado com pincel, fica com a textura mais interessante (quase sequinha).

Não vou ganhar nada pra dizer isso não, mas corram, meninas. Com certeza, será como o lápis Jade, lembram, que em pouco tempo se tornou impossível de se encontrar em qualquer loja!

Ana



19 comentários
21/02
2010
Com que Roupa eu vou?
Categoria(s) Dicas, Organização
Ana Farias

Ainda na aba da organização de armários, me lembrei de outra informação interessante.

Meu sonho encantado é ser era ser Patricinha de Beverly Hills. Uma das cenas que não me saem da cabeça: a clueless mor Cher Horowitz (Alicia Silverstone em momento “Blair Waldorf da Costa Oeste”) passa uns bons minutos escolhendo o look que usará para ir pra escola. O detalhe: o closet gigantesco estava todo computadorizado, e era por meio de um programinha maneiro que a lindona combinava as roupitchas. Virou ítem de desejo pras patys wannabe da década de 90. Sonho distante…

Sonho distante? Não mais.

Acontece que a Dany Padilla colocou no mercado um software bacanérrimo no mês passado, e tornou o sonho possível pra todas nós, patys ou não. :)

O programa Com Qual Roupa? cataloga cada peça do nosso armário. A gente tira fotos, escreve os detalhes da roupa, e armazena os dados. Com isso, podemos depois visualizar sem problemas todas as combinações possíveis dentro da nossa realidade, incluindo os acessórios! Economia de tempo e de dinheiro também (perdi as contas de quantas vezes comprei peças desnecessárias, simplesmente por ter esquecido que já tinha algo parecido no armário).

Mais interessante: sou daquelas que sofrem do mal da preguiça na hora de me vestir. Não há revista Estilo que dê jeito. Acabo tendo “combinações que funcionam”, e sempre acabo usando as mesmas peças. Daí que o programinha tem uma função bacana: ao clicar numa categoria, aparece tudo que a gente tem, e quantas vezes usamos. Dá pra dizer até onde! E aí, se é coisa repetida faz pouco, é só dar mais uns cliques e optar por coisa diferente.

Parênteses: como isso me lembra do meu melhor amigo gay, na época da faculdade, nesses mesmos anos 90 que citei acima. Ele sempre pegava no meu pé nesses momentos de falta de criatividade: uhn, repetiu, hein, amyghan! Rep-tiwlll… É refrão até hoje.

O programa traz várias outras dicas, do que vestir pro nosso tipo físico, de tendências, de organização, etc. Peças pouco usadas em breve poderão ser indicadas pro Bazaar Online, e a Danny também disponibiliza um serviço de consultoria de imagem!

Taí uma coisa que diverte e que acaba com os nossos dilemas diante do armário. O software custa 385 reais, mas o legal é que dá pra baixar gratuitamente uma versão demo no site Com Qual Roupa?, e fazer um test drive no programa, pra ver se vale a pena gastar o dindim. Eu tô adorando!

Baixei o teste rapidinho, e tô aqui brincando com ele. Tô aproveitando pra reorganizar o armário, já que todas as peças precisam ser fotografadas pro catálogo. Pra mim isso é mais que trabalho, é diversão também. Mas pra quem não pensa assim, e pode se dar ao luxo, existe a opção de contratar a equipe da Danny pra fazer a catalogação das roupas também.

Encontrei o meu PlayStation, gente. Meu Xbox. Meu Wii. Só falta comprar um manequim bonitinho, pra coisa ficar mais legal!

Demorou pra mais de década, mas finalmente posso ter meu momento Cher Horowitz. 😉

Ana (Má)



Comente
21/02
2010
Dicas Para Arrumar Seu Armário
Categoria(s) Dicas, Organização
Ana Farias

Se tem uma coisa que me dá orgulho é meu cuidado com a organização do armário. É meio que recorrente o apelido Monica Geller, porque, apesar de toda a minha bagunça existencial, minhas gavetas, prateleiras e araras são impecáveis.

Tudo bem que toda a bagunça da Monica ficava escondida atrás de uma porta, lembram? O resto era arrumação milimétrica. Comigo é o contrário. Acontece que meu desejo de organização às vezes não acompanha minha tendência pra baguncite, e enquanto o armário é um sonho, o resto da casa é de uma esquizofrenia sem tamanho. Minha desordem é toda externa, exposta. Só existe porque o que está fora ainda não encontrou espaço na organização do interior.

Muito meta, esse papo, né.

Enfim, sempre quis dividir com vocês o segredo de roupas divididas por tipo, cor e estação, assim, pra mostrar pra Vivi que é possível. Daí que recebi um email da TPM Live, marca de roupas catarinense que adoramos por aqui, com várias dicas de organização. Sem desculpa pra preguiça de escrever, já que o texto veio pronto, né? :)

Vamos lá (texto meu com base nas dicas da TPM):

1 – CABIDES: guarde cada peça em um cabide diferente, pra otimizar o seu tempo na hora de procurar por elas. Use os de madeira pra peças delicadas ou pesadas, deixando os de plástico pra camisetas e vestidinhos. Saias pedem aqueles cabides com ganchos. Cintos e gravatas possuem um organizador próprio (comprei os meus na Casa&Vídeo, baratinho mesmo). Ah, e antes de comprar os cabides veja se eles cabem no armário!

2 – PREPARAÇÃO: esvazie todo o armário, dividindo as peças em três grupos: “manter”, “consertar” e “doar”. Faço isso umas 3 ou 4 vezes por ano. Desapego é tudo nessa vida demeodeols.

3 – ARRUMAÇÃO: separe as roupas por tipo (camisas, camisetas, saias, calças, jeans, etc). Isso poupa muito tempo na hora de se arrumar, já que a gente quase sempre parte pro armário com uma idéia de look em mente. Gosto de separar as peças seguindo ainda duas sub-categorias (hahaha, doente): padronagem (estampados de um lado do armário, cores lisas de outro), e cores (acompanhando o arco-íris).

4 – GAVETAS: o ideal é dividir pilhas por tipo (regatas, camisetas, moletons, etc), e manter um “molde” para servir de medida para a dobra da roupa. Isso é chatinho, mas garante pilhas uniformes, e mais espaço.

5 – SAPATOS: pra facilitar, guarde todos em caixas ou em sacos com visores transparentes. Ou cole etiquetas indicando o que tem dentro de cada caixa (“Bota-Preta-Bico-Fino”, “Sandália-Rosa-Plataforma”, etc).

6 – ESTAÇÕES: guarde as roupas e sapatos da estação passada num canto específico do armário (gavetas, portas superiores, etc). No verão, guarde o vestuário de inverno, e vice-versa.

É isso, meninas. Armário organizado significa 10 minutinhos a mais na cama de manhã. E isso faz muita diferença, né não?

Ana (Má)

Imagens: TPM Live



Comente


Página 32 de 50«282930313233343536»