23/01
2015
Meu cabelo curtinho
Categoria(s) Cabelos
Ana Farias

Como falei no último post, um dia acordei e percebi que meu cabelo tava caindo. Muito.

Sempre caiu bastante. Tenho muito cabelo, e minha alimentação nunca foi das melhores. Mas notei que tava fora de controle, tipo daria pra preencher toda a minha cabeça ao final de uma semana com todos os fios que saiam no pente e que caiam no ralo durante o banho! Assustador.

E pior foi quando percebi, alguns dias depois, que só de passar a mão na cabeça caía cabelo. Aí comecei a notar os fios no chão, na cama, na minha roupa…! Alguém comentou que poderia ser por causa da cirurgia, e fui pesquisar. Batata! Decidi então ir ao médico pra pedir umas vitaminas, e tomar uma atitude drástica: cortar o cabelo bem curto!

Era algo que queria muito fazer, mas a partir do momento em que me senti obrigada, olha, foi um mini-drama. Meu cabelo nem tava tão comprido, mas é sempre um cobertor de segurança, né? Sou a maior defensora de mudanças capilares, porque acho legal mudar, faz bem pra auto-estima, e se não gostar cabelo cresce. Mas não era por escolha apenas, né.

Enfim, engoli o mimimi e fui à cata de inspiração. Separei fotos de três deusas do pixie hair pra levar pro Murilo Moralez, meu cabeleireiro: Michelle Williams, Ginnifer Goodwin, e Kaley Cuoco – que acabou sendo a inspiração maior pro corte.

Kaley Cuoco pixie haircut

Diferença de textura à parte, meu maior medo era ficar igual um pirulito, sabem como? Porque cabelo, quando o corte orna, dá aquela harmonizada no todo. Sem madeixas pra contornar o rosto, o que sobraria pra disfarçar meu cabeção?

Sim, gente, meu cabeção. Tenho cabeça grande, uai, fazer o quê.

Quem me convenceu a relevar isso foi a BFF. Ela disse: - Cabeção você vai ter sempre, com ou sem cabelo. Então pra que se incomodar com isso? É igual seu dentão gigante de coelho. Vai parar de sorrir pra esconder? O detalhe é que eu não fazia ideia de que tinha dentão até meu dentista começar a me chamar de Mônica, e eu achava que era implicância dele até Carol falar isso.

Então tá, relevei e fui pro salão. O corte saiu, não sem antes ter tido uma ou duas crises de riso do tipo nervoso, mas saiu:

murilo moralez squasso moreira cesar

A cara de assustada foi por conta da falta de costume, tá, fiquei assim em todas as fotos desse dia! hahaha Mas foi daqueles cortes que você olha no espelho, sabe no fundo do seu coração que gostou, mas precisa de mais tempo pra se habituar com a cara nova.

Como o Murilo fez escova, tá parecendo um corte diferente do da Kaley. E é, pois ele adaptou um pouco pro meu rosto, meu fio é diferente, meu formato de rosto (e de cabeça!) também. Mas foi basicamente um pixie batidinho na nuca com franjão. Faltou coragem pra ir all the way tipo a Ginnifer (que na verdade era o meu corte preferido). Quem sabe mais pra frente.

Então ficou assim arrumadinho:

cabelo curtinho

E assim bagunçadinho, com secagem menos certinha e pra fora:

cabelo curto

Sim, dependendo do ângulo eu me sinto meio Alien, o Oitavo Passageiro (tipo assim, o Alien). Mas é o que tem pra hoje e sempre, né, não dá pra brigar com meus pais eternamente por isso… rs

Passada uma semana, tô feliz com o corte. Melhor coisa em termos de leveza, sinto bem menos calor, e pra secar, juro, é ridículo, levo no máximo cinco minutos! Agora preciso aprender a arrumar de formas diferentes, usando finalizadores tipo pomada, gel… vamos ver.

Sobre a queda: continua. Mas como o cabelo cai menor, não sinto tanta angústia. E por estar mais fácil de manter o couro sempre limpo, é certo que isso vai ajudar. No mais, é tratar de dentro pra fora, tomando muita água, me alimentando de maneira saudável e tomando as vitaminas que o médico indicar. Depois conto como foi. ;)

O Murilo atende no Squasso da Moreira César, em Icaraí (número 251, 2º andar). O telefone pra contato é 21 98878-3339.



31 comentários
06/10
2014
Novidade capilar: Matrix Biolage Force Fiber Anti-quebra
Categoria(s) Cabelos
Ana Farias

Vocês sabiam que 1/3 das brasileiras reclama de cabelos fracos e com queda? De olho nesse mercado, a Matrix lançou a linha Biolage Force Fiber Anti-quebra, com ingredientes botânicos e produção ecofriendly. Ela promete fios até 12x mais resistentes.

Sua fórmula possui a tecnologia Intra-Cylane, que, segundo informações da empresa, fortalece o cabelo de dentro pra fora, preenchendo as lacunas do interior das fibras e criando um reforço natural onde há perda de matéria. Enquanto isso, o bambu, outro ativo presente na linha, age promovendo mais resistência na parte exterior do fio, resultando em mais maleabilidade pro cabelo.

matrix biolage force fiber

São cinco produtos pra manutenção do cabelo em casa:

1. Shampoo Fortalecedor Anti-Quebra (R$30)
2. Condicionador Fortalecedor Anti-Quebra (R$35)
3. Creme de Tratamento Ultra Fortalecedor Anti-Quebra (R$61)
4. Leave in Creme de Controle Anti-Quebra (R$55)
5. Concentrado de ampolas Hyperfortificante Intra-Cylane 10 (uso profissional)

Fui ao encontro promovido pela marca aqui no Centro do Rio, mas infelizmente não testei os produtos no dia. É que tinha feito uma mega hidratação no dia anterior, e achei melhor pular essa parte. Mas olhem só o resultado em algumas das outras convidadas:

evento matrix resultados

O tratamento consistiu em lavar os cabelos com o shampoo, depois aplicar o Hyperfortificante Intra-Cylane 10, que é um serum aquoso super leve, com pausa de 10 minutos. Ele é um concentrado de ampolas que promove o fortalecimento intensivo do interior dos fios através da concentração de 10% de Intra-cylane. Após o serum, é aplicado o Creme de Tratamento Ultra Fortalecedor, e após o enxágue é usado o leave in. É exatamente o tratamento feito nos salões, onde o valor sugerido do tratamento é de R$60.

matrix

No presskit veio shampoo, creme de tratamento e leave in. Usei em casa e os pontos positivos são os seguintes: o cheiro dos produtos é de matar de tão bom, o cabelo fica mega brilhoso, com fios macios toda vida. O creme de tratamento não é muito grossinho, mas dá aquela sensação de cabelo derretido na hora do enxágue.

Mas o melhor de tu-do é o leave in! Tenho usado direto desde o evento (que já aconteceu tem um tempinho), e é tudo de bom: segura o frizz, modelando sem pesar, tem cheiro delicinha, se deu super bem com meus fios finos.

Acho que foi um dos lançamentos da Matrix que mais curti, entre os que conheço. Vale a pena conhecer o serviço nos salões (procure um perto de você AQUI).



4 comentários
12/09
2014
Top 5 Finalizadores de cabelos (lista de desejos)
Categoria(s) Cabelos
Ana Farias

Desde que aprendi a lidar com meu cabelo, uma coisa que descobri que não posso viver sem é um bom leave in. O shampoo tem que limpar bem a raiz oleosa sem afetar o comprimento com tendência a ressecar, o condicionador pode até ser mais ou menos (isto é, não dar aquele efeito “derretido” nos fios), mas o que faz diferença mesmo é o finalizador. Tenho vários, pra todos os gostos – se quero mais solto, mais ondulado, ultra liso, “pantera” feelings, etc.

Mas a gente sempre encontra espaço na cabeça pra desejar mais, né? Porque gosto de novidade, de experimentar coisas novas. Então eu tô sempre mudando… E adoro começar a fazer a compra pesquisando sobre o produto!

Já pensando nas próximas aquisições, fiz uma lista de desejos capilares no tema leave in, vejam o que vocês acham desses (os valores são do site Seus Cabelos). São três mega em conta, e dois investimentos:

top 5 finalizadores

1. Charis Ortomolecular SPA leave in: recebi um shampoo pra cabelos oleosos da marca e me apaixonei (to até devendo post). Gostei da proposta: ideal para cabelos secos, danificados, envelhecidos e quimicamente tratados – acho que o meu se encaixa em tudo isso! Tem Extrato de Quinoa, e promete reduzir a porosidade e aumentar a hidratação, restaurando cabelos muito ressecados, desvitalizados e quebradiços. Custa R$ 40.

2. Redken Body Full Instant Bodifier Leave-in: esse promete algo que quem tem cabelos finos necessita: densidade! Bifásico, deve ser aplicado nos fios úmidos a partir da raiz. A descrição do produto diz que proporciona volume duradouro, mas com maciez, ou seja, sem deixar os fios pesados. É mais carinho, mas tá na mira. Custa R$ 140.

3. Lowell Complex Care Extrato de Mirtilo Leave-in: desejei por motivo de amar sorvete de mirtilo! rs O extrato de mirtilo é um antioxidante poderoso, super rico em vitamina C. O Complex Care sela a cutícula, proporcionando maciez, brilho e elasticidade aos fios. Custa R$ 37.

4. Fruit Therapy Leave-in Cabelos Secos: só imaginando esse pra usar na praia! Tem cheirinho de melão, deve ser uma delícia. Sua combinação de silicones forma um filme resistente nos fios, auxiliando na proteção contra os danos causados por vento, sol e chuva. Promete alto poder de hidratação. Custa R$ 36.

5. L’Oréal Mythic Oil Milk Leave-in: recebi da marca o shampoo e o condicionador dessa linha (outro post que to devendo), e fiquei muito interessada nesse leave in Milk. Sua fórmula é leve e possui óleo de argan e óleo de semente de algodão, o que faz com que tenha alto poder nutritivo e reparador. Pode ser usado nos cabelos úmidos ou secos. Tem a versão Oil também (com óleo de abacate e grainhas de uva), mas meu cabeleireiro me indicou optar sempre pelos cremes. Esse custa R$ 153.

E qual é a escolha de vocês? Se interessaram por algum deles?

tag2



4 comentários
16/07
2014
Acabou e vou sentir falta (4 produtos que vale a pena conhecer)
Categoria(s) Cabelos, Demaquilante, Pele, Rosto
Ana Farias

Hora chata do dia: tirar as últimas gotas dos nossos produtos preferidos de dentro de suas embalagens… Que atire a primeira pedra quem nunca parou de usar um perfume pra deixar um restinho de fragrância no vidro! rs

Hoje vou falar de quatro queridos que me deixaram nesta semana, e que vão fazer falta. Mas estão na lista do “assim que eu precisar, tem prioridade de compra”.

Vamos a eles?

IMG_20140716_101952

Creme Protetor Roseliane Anti Vermelhidão (Uriage, R$140): específico para peles sensíveis, é o melhor produto que já usei pra acalmar minha rosácea. Falei dele AQUI. É uma pena que seja tão caro aqui no Brasil! Na França custa em torno de 20 euros, preciso de amigas que estejam indo pra lá! rs Deixa a pele super macia, e a diferença que faz em poucos dias de uso é gritante. Pra mim valeu super! [veio em presskit]

Express Cleansing Wipes (Bourjois, R$25): comprei sem saber nada dele numa promo da Shampoo Cosméticos, e foi uma ótima surpresa. É suave, e tira super bem a maquiagem. Acho que, financeiramente falando, é melhor deixar esse tipo de gasto pra viagens, né. Mas por mim usaria só esses lenços. E é bem econômico, um lenço tira praticamente o make todo, incluindo o rímel.

Loção Facial Adstringente Clear up (Cyzone, R$18,50): marca jovem do grupo Belcorp, essa linha pra peles oleosas é fantástica (falei dela AQUI). A loção é bifásica, é preciso mexer um pouco a embalagem pra misturar o pó. Deixa a pele sequinha e tem um cheiro mara. [veio em presskit]

Shampoo Amino Acid (Kiehl’s, R$77 a embalagem com 250ml): contém Aminoácidos e Óleo de Coco, e limpa deixando os cabelos levinhos e com um suave cheiro de coco. Amo! Já comprei umas duas vezes, e o bom é que costuma ter versão travel size (50ml) nas lojas.

Ps: gente, obrigada pelos comentários no último post (que tava forever alone aqui no blog por tanto tempo que aposto que vocês acharam que eu tava me recuperando, né? hahaha Tava sim, me recuperando do luto por essa copa que não volta mais. Pra essa rehab forçada eu queria poder dizer no no noooo). Tô lendo, respondendo e publicando aos poucos. <3



4 comentários
07/07
2014
Dica de cabeleireiro em Niterói (e inspirações pra cortes médios)
Categoria(s) Cabelos
Ana Farias

De vez em quando recebo algum email pedindo referências de cabeleireiros em Niterói. Muita gente da cidade cai aqui em buscas do Google, e quando o post é muito antigo o que acontece é que o profissional não atende mais no salão citado. Nem sempre consigo acompanhar as mudanças, mas hoje vou falar de três cabeleireiros que eu indico sem piscar duas vezes.

Bom, durante algum tempo quem fez meu cabelo foi o Alex Paixão, que era do Blue e hoje está no Werner da Moreira César. Gosto muito dele, e inclusive os cortes masculinos que ele faz são nota dez, super moderninhos. Quem fazia minha cor era a Fernanda Álvares, outra querida. Foi ela que me deixou loira, ruiva… A Nanda agora está no Squasso da Moreira César. Tem matéria com os dois AQUI.

Quem está fazendo meus cortes e cor desde o final do ano passado é o Murilo Moralez, que era do Paulo Roberts, e agora está no Squasso da Moreira César também. Aliás, várias pessoas que adoro de salões diferentes estão lá – tá um timaço de gente boa no espaço que abriu tem umas duas semanas (lindo, por sinal).

Ele me escreveu porque num post que escrevi há muito tempo algumas pessoas o indicaram nos comentários, e isso gerou um retorno bom. Daí, como agradecimento, se colocou a minha disposição pra cuidar da cabeleira. E a parceria deu muito certo, porque sempre saio da cadeira dele 1) diferente e 2) satisfeita. Quando chego lá, ele pergunta o que quero fazer e eu digo “o que você quiser”. Em parte porque sou desapegada com cortes (cabelo cresce, e não tenho um corte idealizado na minha cabeça – isso ajuda a não se sentir frustrada), mas principalmente porque tenho confiança no talento dele.

1 cabelereiro-bom-em-niterói

Na primeira vez que cortei com ele, estava com o cabelo bem sequelado por um corte ruim feito num salão aqui perto de casa. Tava com tanta camada que eu me sentia presa nos anos 80 – quando certamente o senhor aprendeu a técnica usada. Disse pra ele que queria acabar com aquela diferença de comprimento que me deixava com cara de quem tinha mullet. Aí ele cortou bem na altura do ombro, e começou a me encaminhar pro castanho com mechas bem fininhas só pra iluminar.

2 cabelereiro-bom-em-niterói

Na segunda vez, resolvi colocar franja, algo que ele já tinha sugerido antes, e aumentar as mechas. Gostei, mas achei que a franja tinha ficado um pouco grande demais (as duas fotos de baixo), então voltei duas semanas depois e ele fez essa mais curta das duas fotos de cima (olha ele ali comigo). Mantive ainda por um tempo, mas franja não é pra mim; muito difícil de manter no lugar com cabelo fino, mas impossível com a quantidade que eu suo na cabeça. Mas adorei usar de lado como nessa última foto. Um corte divertido, leve, fácil de manter em casa.

3 cabelereiro-bom-em-niterói

Essa foi minha última tentativa com franja certinha. Tinha decidido deixar o cabelo crescer, mas queria manter um movimento na parte de cima, então ele nem mexeu no comprimento, só nela. Nem preciso dizer que usei ele muito mais como na foto da direita, né, de lado? Mas tinha uma coisa legal que era segurar a franja e prendê-la com grampos no alto da cabeça. Fazia um topetinho charmoso, e dava uma altura pra pessoa desprovida de volume. Aqui eu comecei a só retocar a cor, e o corte durou MUITO tempo sem precisar sequer tirar pontinhas.

4 cabelereiro-bom-em-niterói

Até que semana passada cheguei lá querendo mudar de novo. Desisti de deixar crescer, tava me angustiando. Eu nem falei nada, mas ele já começou adivinhando meu desejo pela franja lateral bem longa. É que minha intenção é chegar no long bob, então por enquanto a gente vai só acertar o corte até ele ficar com a base mais base reta. Mas a frente ele já deixou um pouco mais alongada. E a cor deu uma escurecida no topo, já que pedi pra gente abandonar as mechas por uns tempos. Fica legal assim pro inverno, e gosto mais do efeito do loiro mais no comprimento e pontas.

inspiração cabelo

Esse foi definitivamente o corte mais lindo que ele já fez em mim. Saí do Squasso tão feliz que todo mundo que encontrei me falou como o cabelo tava bonito.

Acho que me encontrei no médio, não tem jeito de deixar crescer mais do que isso. Não combina comigo.

Serviço:
Murilo Moralez (hair stylist)
Salão Squasso
Moreira César, 251
Tel. 2611-1050



15 comentários


Página 1 de 6412345»