21/07
2009
Colágeno: o determinante da idade da sua pele!
Categoria(s) Beleza, Pele
Ana Farias

Continuando nossa saga “Antiidade tem Idade?”, vamos hoje falar dessa proteína, o Colágeno, que é vital para a aparência da nossa pele.

O colágeno é sintetizado(feito) pelo nosso próprio organismo. Para isso ele precisa da nossa outra amiga, a vitamina C. Ela é uma famosa Precursora de Colágeno, ou seja, se ela não estiver disponível, não existe maneira mágica para a produção.

Quando crianças, somos criaturas plenas de colágeno, com peles lisinhas e firmes. Ao longo do tempo – aliado ao estilo de vida – nosso organismo vai “perdendo o gás” na capacidade de produção dessa proteína. E é aí que as coisas começam, literalmente, a despencar, minhas amigas.

Então, no lugar de perguntar “Qual sua idade?” na hora de saber se você precisa ou não de um creme antiidade, a pergunta correta é “Qual a situação do colágeno na sua pele?”.

Você pode ter só 20 aninhos, mas se não usa protetor solar e não come corretamente é bem provável que seu organismo já precise de um auxílio, em forma de cremitcho à base de vitamina C, para potencializar a formação de colágeno.

Como você também pode ser uma garotha 40+ super esperta, que sempre fez uso de protetor solar e come direitinho e ter a pele melhor do que de uma “mina” nos 30 que nem sempre se cuidou, entenderam?

Envelhecer é bem menos traumático do que parecia, não é? Muito mais difícil é tomar as atitudes corretas para esse envelhecimento tranquilo da teoria.

A produção natural de colágeno, sem a influência dos maus hábitos, começa a DIMINUIR por volta dos 30 anos. Por isso hoje vemos no mercado uma grande oferta de cremes antiidade 25+. Eles já estão oferecendo uma opção para a gatharia começar o cuidado ANTES da ladeira natural.

Assim, usar um creme antiidade antes dos 30 anos não vai fazer mal para sua pele, porém, o que pode acontecer é você investir em um creme com superpoderes, que vão muito além da sua necessidade. O que seria disperdício de dinheiro e produto.

A mesma coisa acontece se você, na casa dos 30, resolve economizar e compra um antiidade mais simplezinho, indicado para a PREVENÇÃO do envelhecimento. É um meio-cuidado, você não terá resultados ótimos, porque a pele dos 30 anos já está passando pelo declínio natural, ela precisa de um produto que previna, mas também trate o que já foi mal-tratado (linhas, rugas, início de flacidez).

Nossa pele precisa de duas coisas fundamentais para ter boa aparência: água e óleo. É em meio a esse ambiente perfeito que ela vai utilizar as vitaminas, proteínas e todo o resto para se reconstituir de forma satisfatória. Se o equilíbrio for quebrado em alguma etapa, o resultado sempre será algo que nós, mulheres vaidosas e saudáveis, consideraremos ‘um problema’: marcas de expressão profundas, rugassss, flacidez, espinhas ou ressecamento excessivo… Cada caso é um caso e só quem pode definir com exatidão a quantas anda sua pele (que idade sua pele tem, na verdade) é um profissional dermatologista. Por mais treinados que sejam nossos olhos, existem coisas que não conseguimos identificar.

Quando olhamos no espelho, a primeira coisa que enxergamos é aquilo que NÓS consideramos um grande problema. Olheiras, por exemplo. Mas pode acontecer de esse “olhar seletivo” perder uma coisa importante, um princípio de flacidez precoce, por exemplo. Problemão, né?Se você perguntar para sua mãe, mesmo que já tenha passado dos 50, ela dirá que você está leeenda e não precisa de nada. Isso é olhar seletivo, quando só enxergamos o que queremos ver.

Por isso é importante procurar um Dermato para esse diagnóstico de “idade da pele”. Espírito e Cédula de Identidade jovens, nesse caso, não contam.

Números. Alguns estudos mostram que, depois dos 30 anos, o organismo começa a perder, naturalmente, 1% ao ano da sua capacidade de sintetizar colágeno. Por volta dos 50 anos, a produção natural cai para apenas 35% da quantidade necessária para todo o organismo. Lembrando que o colágeno não serve apenas para manter a aparência da pele bonita, mas ele participa na sustentação das células do organismo todo, em ossos, músculos, ligamentos, cartilagens e – que coisa! – até na espessura dos fios de cabelos. No sexo feminino, o quadro é agravado pela menor quantidade de colágeno disponível em comparação aos homens. Sem mencionar a Menopausa, que chega arrasando, entre outras coisas, nossa capacidade de produzir a substância.

A alimentação é a maneira primordial de se conseguir manter e prolongar a produção de colágeno pelo corpo. Não existe ainda um consenso a respeito do colágeno industrializado ser utilizado ou não pelo organismo humano. Uma coisa é você encontrar colágeno hidrolisado em pó pronto para consumo. Outra coisa é seu corpo ENTENDER que aquele colágeno é fisiologicamente utilizável, está biodisponível e pronto para ser aproveitado.

Existem muitas marcas disponíveis e muitos fabricantes e mesmo Universidades mantêm ainda Estudos a respeito, porque essa é uma resposta que todos querem ter, já que os resultados indicam uma melhora na saúde como um todo, muito longe apenas da questão estética.

Uma coisa já foi provada e comprovada: a utilização de vitamina C em cremes de boa qualidade, com tecnologia suficiente para penetrar na pele e ainda assim manter-se disponível, é uma grande arma no cambate a perda do colágeno. Na alimentação, o consumo das necessidades diárias já dariam conta do recado.

Por outro lado, a utilização de colágeno natural, extraído de ossos e tendões de animais, também tem demonstrado resultados positivos na estimulação do colágeno natural humano. Mais uma vez, lembramos que o colágeno é importante para a saúde do organismo todo e não estamos aqui falando apenas do seu uso estético, então, a questão cruelty free não foi considerada nesse parágrafo, certo? Existem doenças complicadíssimas e muito tristes, que envolvem complicações no déficit de colágeno.

Resumindo a Ópera: não, não tem idade para iniciar o uso de um creme antiidade. O que existe é a necessidade da sua pele no momento. Melhor do que o espelho, o Dermato é capaz de avaliar suas necessidades NO MOMENTO. Porque a vida é cheia de momentos, né, gathas? E se você mudar sua rotina hoje, daqui 4 meses suas necessidades serão outras. Se você não fizer nada, também.

Também é importante lembrar que “antiidade” é apenas uma palavra. A categoria de produtos que se enquadram no combate ao envelhecimento (precoce ou natural) é imensa, mas muitas vezes qualquer creme de tratamento para problemas específicos são rotulados como antiidade, por fins comerciais ($$$).

No próximo post as necessidades TEÓRICAS para cada faixa etária.

Beiju!

Boa

Recadinho: Amorecas, estamos AMANDO a participação de vocês, com seus comentários e/ou envio de dúvidas. Estamos formulando uma maneira legal de inserir tudo isso nas pautas dos posts ou responder individualmente. De qualquer maneira, saibam que sua colaboração é super bem-vinda e o conteúdo do blog enriquece muito com isso. Estamos à disposição!



Comente
Comentários
comente em "Colágeno: o determinante da idade da sua pele!"
  1. 1. A menina que roubava idéias
    21/07/2009

    E o desconto podia ser de 10%, né? Bjs.

    Confesso que o díficil para mim é achar um corretivo do tom da minha pele.

  2. 2. Fernanda
    21/07/2009

    Vou participar de uma aula de make essa semana em uma loja de maquiagens aqui da minha cidade, o valor é R$20,00 e no final da aula esse preço é convertido em produtos ;)
    A aula da O Boticário deve ser show mesmo, mas esse presentinho no final não foi grandes coisas!
    Beijoooss =)

  3. 3. Juliana
    21/07/2009

    Ai.. eu tentei ir, mas tava lotado todos os dias já.. fiquei sem saco de ficar esperando se alguém desistia mais de uma vez =/

  4. 4. Mircea
    21/07/2009

    Sis, eu tbém enlouqueci pelas mesinhas!!!!rs
    Bjks
    Mi

  5. 5. Ju Vilela
    21/07/2009

    Mas parece que foi muuuito legal o workshop, muito melhor que o curso, que foi pago, não teve desconto, nem amostra, nem tantas dicas…
    Beijoss

  6. 6. Sarah
    21/07/2009

    que lindas!!!

Deixe o seu comentário:
Os comentários são moderados apenas para evitar comentários agressivos, ok?
Estes serão deletados sem dó nem piedade! ;)