28/04
2016
Uma paixão: perfumes masculinos! | Conexão Carioca
Categoria(s) #ConexãoCariocaBlogs, Fragrâncias
Ana Farias

Nessa semana vamos falar de uma coisa que adoro: perfumes masculinos! Vocês, mulheres, gostam de usar perfumes “pensados para homens”?

Eu realmente acho uma besteira muito grande essa coisa de se deixar prender por convenções na hora de comprar produtos. Colocar rosa no barbeador, por exemplo, não torna o produto específico pro corpo feminino, faz apenas com que ele fique mais caro! Com fragrância então, que é uma coisa tão pessoal, que bobagem se prender a embalagens e propaganda, não? No fundo tudo é unisex – o que vai acontecer é a pessoa (homem ou mulher) se identificar mais ou menos com um grupo de notas X ou Y ou Z. Conheço homens que gostam de usar perfumes florais- e mulheres que detestam! Por que não usar o perfume amadeirado do boy, se você curtir a fragrância na própria pele tanto quanto curte na dele?

Adoro vários perfumes, mas vou deixar aqui três que me marcaram muito:

perfumes masculinos

Le Bataleur, D&G
(coração aquático com notas de cardamomo, coentro, vetiver e cedro branco)
Apareceu numa série de cinco perfumes incríveis de bons com proposta unissex, e que podiam ser usados em diferentes combinações entre eles. Cheguei a ganhar na época um conjunto de miniaturas, e vou dizer: era um melhor do que o outro! Infelizmente acho que não vende mais no Brasil, uma pena, porque esse é realmente um dos meus perfumes favoritos da vida. Inclusive a campanha dizia muito sobre minha colocação no início do post: a marca desejou responder perguntas transcendentais do tipo “quem sou?” e “quem eu quero ser?” com um determinado “quem e o que você quiser”.

Euphoria Men, Calvin Klein
(Oriental Floral, com notas de manjericão, cidra, gengibre, pimenta, patchouli, pau-brasil e âmbar sólido).
Esse perfume tem notas maravilhosas como “acordes de gota de chuva”, “limão refrescante” “âmbar sólido” e “couro cremoso”. É muito sofisticado, sensual, luxuoso. É de 2006, mas não parece datado. É tipo cheiro de homem dos sonhos, sabem como? Pena que é muito caro, porque queria colocar no lugar do sabonete do boy.

Blue Jeans, Versace
(aromático amadeirado com notas de bergamota, limão, manjericão, anis, sândalo, vetiver, baunilha e âmbar)
Esse é bem datado, mas foi um dos primeiros que amei, então tá valendo. É aquele masculino mais classicão, amadeirado, mas suave também, com algumas notas florais e aquáticas. Gosto muito de usar junto com perfumes florais (sim, sou dessas que fazem misturinha de perfume! Rs)

727

Cláudia Speroto no Usei-Contei
Dafne Dias no Elfinha
Luciana Gimenes no Sacolando
Luciana Vilela no Mulher Sem Photoshop
Patricia Meireles no Fuxico de Mulher
Tina Szabados no Make Coisa e Tal



Comente
21/04
2016
Resenha Milk Shake Leads Care | Conexão Carioca
Categoria(s) #ConexãoCariocaBlogs, Cabelos
Ana Farias

A Leads Care enviou para os blogs participantes do Conexão Carioca mais um produto de tratamento, dessa vez o divertido Milk Shake Mask. Trata-se de um kit de cronograma capilar para todos os tipos de cabelo, contendo uma máscara e três óleos que devem ser usados juntos, com diferentes combinações para diferentes necessidades, prometendo nutrição, hidratação e reconstrução.

milk shake mask

A máscara se chama Sorvete de Baunilha, e me lembrou um pouco a textura da Glitter Cream, também da Leads, que forma um tipo de teia. O cheiro é muito gostoso (pra quem curte fragrâncias mais adocicadas).

IMG_8805

A forma de usar é misturar 20g de creme com uma medida de “calda”, ou óleo. São três disponíveis: a calda de morango hidrata, dá brilho, e repõe a água dos fios; a de coco é nutritiva, repõe lipídios, reduz o frizz e confere maleabilidade aos fios; a de chocolate é reconstrutora, restauradora as proteínas, repara os danos de fios porosos e quebradiços. Mas, pelo que entendi, a gente pode usar cada item do kit sozinho também de acordo com as necessidades do cabelo, dando com diferentes tempos de pausa.

IMG_8801

Com o kit vem um folheto com três opções de cronograma, pra cabelos saudáveis, pouco danificados e muito danificados. Comecei o ritual pra cabelos saudáveis, e na primeira semana vi que não daria certo seguir direitinho o modo de usar do folheto. Ele sugere usar um shampoo bem hidratante, deixar a máscara por 30 minutos, e usar o combo creme + calda três vezes por semana. Meu cabelo fino e sem volume não lida muito bem com qualquer tipo de óleo, e eu não estava levando fé. Não deu outra: ficou pesado e sem forma, muito boi lambeu – não gosto.

Então na segunda semana resolvi fazer uma mudança por conta própria: dei cinco dias de pausa, e na quarta fiz apenas a mistura do creme com a calda de morango, em menos quantidade (usei menos da metade), e com tempo de pausa de 10 minutos. No dia deu pra perceber o brilho e a maciez, mas ainda achei o cabelo muito escorrido. No dia seguinte fui ao salão refazer a cor, e o Murilo Moralez (@murilomoralez no Instagram) lavou com shampoo suave e secou. Aí sim, curti o resultado.

ana farias

Claro que a secagem ajuda, ainda mais pra quem tem cabelo muito fino. Ele sempre fica mais bonito com um pouco de modelagem pra dar volume na raiz e ondas nas pontas. O caso é que com os produtos da Leads eu tenho sentido isso mesmo, que o dia seguinte ao tratamento, especialmente na lavagem seguinte ao tratamento, o cabelo reage muito melhor. Talvez isso se dê com cabelos finos e curtos, não sei.

Agora, vamos falar dos cheiros? Que delícia!!!!

O kit custa em torno de R$85.

727

Claudia Speroto no Usei-Contei
Dafne Dias no Elfinha
Luciana Gimenes no Sacolando
Luciana Vilela no Mulher Sem Photoshop
Patricia Meireles no Fuxico de Mulher
Tina Szabados no Make Coisa e Tal



Comente
14/04
2016
Um vício: correntes de coruja
Categoria(s) #ConexãoCariocaBlogs, Acessórios
Ana Farias

O assunto de hoje no Conexão Carioca é acessórios, então resolvi falar de uma paixão que eu tenho: corujas! Normalmente as pessoas sabem que curto muito essas fofuras, e me mandam fotos, vídeos, o que encontrarem pela internet. E quando chega a hora de me dar uma lembrança, não tem erro: anel de coruja, pulseira de coruja, caderno de coruja, post it de coruja… Hoje vou mostrar pra vocês minhas três correntinhas de corujas. Tá, não chega a ser um vício (são só três!), mas elas são minha paixão.

corrente de coruja

A do meio ainda tem um olho grego, que é pra proteção ser completa! rs Foi presente de uma amiga muito querida. A primeira não lembro onde comprei, a terceira, com penas, comprei no e-Bay.

Apesar de adorar colares grandes, na hora de sair de casa acabo optando pelas correntinhas mesmo, mais delicadas. A coruja de penas acabei usando pouquíssimas vezes, mais por medo de acontecer alguma coisa com ela, porque me digam onde vou encontrar algo parecido de novo? rs

727

Claudia Speroto do Usei-Contei
Dafne Dias do Elfinha
Luciana Gimenes do Sacolando
Luciana Vilela do Mulher sem photoshop
Patricia Meireles do Fuxico de Mulher
Tina Szabados do Make Coisa e Tal



Comente
07/04
2016
5 questionamentos sobre saúde emocional
Categoria(s) #ConexãoCariocaBlogs, Comportamento
Ana Farias

Vocês sabiam que hoje é o Dia Mundial da Saúde? Pois é, um dia pra (se) conscientizar sobre o nosso maior bem. Então eu gostaria de saber: a quantas anda a preocupação de vocês com a saúde? Estão indo ao médico pra fazer exames de rotina? Se exercitando alguma coisa, fazendo escolhas mais saudáveis no dia a dia? Procurando se divertir e se estressar menos?

Esse é o tema do Conexão Carioca de hoje. O que estamos fazendo pela nossa saúde?

Eu estou saindo de um período emocional tenebroso, então preciso admitir que não estou essas coisas não. Abandonei minhas caminhadas diárias, chutei o balde na alimentação, matei meus últimos exames, me deixei afetar bastante por problemas pessoais, problemas criados por mim, problemas criados por outros, e até problemas que só existiam dentro da minha cabeça – essa que é a prisão do ansioso.

Achei que tivesse engordado muito, mas me pesei outro dia e vi – surpresa de verdade – que havia perdido três quilos. Ainda sete a mais do que na época em que estava tinindo de foco com exercícios e reeducação alimentar, mas pra uma sedentária que se entope de comida o dia inteiro… nada que eu esperasse.

Mas não quero falar sobre mim nesse post. Queria era propor alguns questionamentos pra gente, todos tendo como ponto de partida nossa saúde emocional. Aquelas coisas que a gente sabe, mas que permitimos que nos arranhe – às vezes até demais. Vamos colocar na balança:

emojis

1. A FELICIDADE COMO LIFESTYLE

Essa coisa de vender lifestyle banalizou o conceito de felicidade e trouxe muita frustração pras pessoas normais – a gente aqui, que não faz dinheiro com a nossa imagem. Todo mundo com essa necessidade de se mostrar feliz o tempo todo, de esfregar felicidade na cara da gente. Existem períodos nos quais as coisas estão funcionando direitinho, coisas ótimas acontecendo, beleza, maravilha, fico feliz por mim, fico feliz por vocês. Mas a vida de ninguém é felicidade o tempo todo. Não podemos comprar os sorrisos cheios de dentes e as hashtags de gratidão, e na comparação decidir que nosso dia a dia é uma bosta. Proposta: vamos desconfiar da felicidade total, e aceitar que a rotina e as obrigações não pressupõem que estejamos felizes o tempo todo. A gente tem esse direito, inclusive.

2. A BRUTALIDADE DO FORÇA-FÉ-FOCO

Nem todo mundo quer ter um corpo trincado, e eu acho que só existem dois tipos de pessoa que não entendem isso: as que tem corpo trincado e as que querem ter corpo trincado. Aqui também entra a questão do lifestyle como fonte de renda: se ninguém acreditasse nisso, como esse mercado se manteria? Vamos respeitar nosso corpo, e principalmente VAMOS RESPEITAR O CORPO DOS OUTROS! Proposta: Se a tua vibe não é abrir mão de comer ou de sair ou do que quer que seja, não o faça, mas também não fique se culpando por isso. Encontre algo que goste no meio termo, vá ser feliz que o tempo passa rápido demais pra gente ficar se lamentando – a não ser que você goste de reclamar mesmo, então esquece o que eu disse.

3. O CAMINHO DO CORAÇÃO

O que mais vejo é gente dizendo que a gente precisa amar o que faz. Ame o que faz e você não trabalhará um dia. Gatas, pra quem não nasceu herdeira, a probabilidade maior na vida é que você não encontre vaga nessa empresa do trabalho-amor. Muito possivelmente terá que trabalhar no que não gosta pra pagar as contas, e sentir-se satisfeita se esse trabalho estiver pelo menos dentro de suas aptidões. Tem gente que consegue viver o sonho mesmo não tendo nascido em berço de ouro? Tem, claro que sim. Mas é igual aquela história de ser blogueira que não faz publi, vive de evento: se não tiver alguém bancando enquanto não dá certo, como a gente faz pra pagar as contas? Então é mais fácil sim mudar a vida em função de transformar hobby em trabalho, muito lindo na teoria e na prática – pra quem consegue. Só que nem todo mundo vai pisar na lua, nem beijar o Keanu Reeves, nem se manter sozinha de fazer o que gosta. Essa eu vou dizer de dentro da Matrix pra vocês: voltar pro ponto no qual as coisas estavam dando certo pode ser um parto que nem todo mundo pode se dar o luxo de pagar – com doula e piscina, e maquiador e lembrancinha pra quem visita. E por “ponto que estava dando certo” eu quero dizer dinheiro batendo na conta o suficiente pra se bancar. Proposta: antes de acreditar em guru e largar tudo, pense se na tua vida de adulto viver de sonho se encaixa. Se for mudar, planeje cada passo com calma, pensando sempre num plano B. No início, trabalhe em duas frentes, a que paga as contas e a que satisfaz o coração. Mas não dê ponto sem nó se não tiver certo o do aluguel, falou?

4. O COMPROMISSO COM O CORPO

Uma coisa boa que os anos me trouxeram: tranquilidade em relação a meu corpo. Nunca vou ser magérrima nem definidérrima, simplesmente porque o preço a se pagar por isso, no meu caso, seria bem maior do que estou disposta. Meu compromisso comigo é não engordar demais, porque não quero, e voltar lentamente ao manequim (mais ou menos) 38. Por que lentamente? Porque sempre que emagreço é rápido, e meu corpo acaba voltando pro peso no qual se sente confortável – mais ou menos o que tô agora. Então não adianta me cobrar pra ter resultados rápidos, pois o esforço que o corpo faz pra engordar de volta é mínimo se comparado ao que empenho pra emagrecer. E imagino que seja assim pra muita gente que está no caminho de perder peso. Proposta: emagrecer pensando em primeiro lugar na saúde, fazendo as escolhas certas na alimentação, e não se desesperar porque não emagrece the flash igual musa X – até porque musa X toma seca-rato no doutor caveirinha e você prefere fingir que não sabe. Não seja a musa x, respeite o teu corpo.

5. A INDÚSTRIA DA BELEZA

Imaginem o que seria das empresas que vivem do culto à perfeição se a gente parasse de se importar com ele? Revistas, portais, estilistas, digital influencers? Se a gente, do nada, se olhasse no espelho, decidisse viver aquela realidade ali, mudando só pra agradar a sai mesma, e não todo o resto? Imagine all the people. Proposta: pare de imaginar e dê uma banana pros estereótipos nos quais querem te encaixar. Só.

727

Luciana Vilela no Mulher Sem Photoshop
Patricia Meireles no Fuxico de Mulher
Dafne Dias do Elfinha
Tina Szabados do Make Coisa e Tal



Comente
31/03
2016
Resenha: corretivo Salmão da Quem Disse Berenice?
Categoria(s) #ConexãoCariocaBlogs, MakeUp
Ana Farias

corretivo quem disse berenice

Precisava de um corretivo de cor laranja (laranja meeesmooo) pra neutralizar olheiras amarronzadas, mas não queria gastar muito (a melhor que conheço é a da Kryolan, que sai meio caro demais aqui no Brasil). Passando pela loja da Quem Disse, Berenice? no Plaza Shopping em Niterói, acabei vendo esse que eles chamam de “salmão” – mas salmão é o corretivo da Contém 1g, que eu gosto muito mas não tava servindo pra olheiras mais escuras (em mim funciona bem).

Como o assunto da semana no Conexão Carioca é corretivo, aproveito pra deixar essa dica pra vocês.

IMG_8348

Custou 40 reais, tem uma textura cremosa leve meio que chegando no mousse, fácil de aplicar. Gosto mil vezes mais da textura do corretivo da C1g, pena que não tem nessa tonalidade.

Ele disfarça bem, e aplicando da maneira correta dura bastante. E qual a maneira correta? Aplicar com a ponta do dedo ou pincel ou esponja queijinho (prefiro) na área escura, inclusive na pálpebra móvel se houver necessidade. Depois é aplicar o corretivo do tom de sua pele por cima, sem esfregar porque senão você retira o produto. Depois a base, e um detalhe importante: selar com pó, de preferência o translúcido.

IMG_8353

A pessoa querida aqui teve dias pra fazer as fotos no rosto, mas não se programou. Fiz de noite, mas o resultado das fotos não foi bacana. Vou refazer, e daí dou um update no post. Se você entrou aqui e não viu meu lindo rostinho, volta mais tarde! rs Prometo que estarei por aqui fazendo uma demonstração pra vocês. 😉

727

Cláudia Speroto no Usei-Contei
Dafne Dias no Elfinha
Luciana Gimenes no Sacolando
Luciana Vilela no Mulher Sem Photoshop
Patricia Meireles no Fuxico de Mulher
Tina Szabados no Make Coisa e Tal



Comente


Página 1 de 68712345»